Desenvolver um ambiente de cooperação entre os colaboradores é uma tarefa das lideranças. Tenho percebido isso ao longo dos meus anos como empreendedor. A produtividade baixa, muitas vezes, está associada à falta de trabalho em equipe. Esse ingrediente faz grande diferença nos resultados coletivos, por isso deve ser incentivado.

A questão é que muitas pessoas tendem a se voltar mais para seu próprio mundo e interagem pouco com colegas. Menos convívio reduz a cooperação e leva a uma produtividade baixa no trabalho. A natação, embora seja um esporte individual, traz alguns ensinamentos valiosos a respeito do trabalho em equipe. Provavelmente, você poderá lançar mão desses três ensinamentos para aumentar a cooperação entre seus colaboradores.

1- Ninguém conquista nada sozinho

A velha máxima de que esportes individuais dependem única e exclusivamente dos próprios atletas não é verdadeira. Claro que a responsabilidade de quem cai na água ou entra em uma quadra de tênis é muito grande. Contudo, percebi desde o início da minha trajetória como nadador, que o esforço coletivo é determinante para o sucesso.

Se pude me desenvolver para atingir grandes conquistas, é porque tinha o suporte de uma equipe. Preparador físico, nutricionista, treinador e outros profissionais me acompanharam durante minha jornada. Eles são a prova de que ninguém conquista nada sozinho.

No ambiente corporativo, essa teoria se aplica muito bem. Alguns colaboradores podem julgar que estão aptos a resolver muitas coisas sozinho, mas é conveniente rever essa postura. O trabalho em equipe conduz às verdadeiras conquistas e pode ampliar os resultados de uma forma que ninguém conseguiria sozinho.

2- Individual e coletivo caminham juntos

Assim como ninguém conquista nada sozinho, todos devem se responsabilizar por desempenhar seu papel com perfeição. Os centésimos que eu buscava a cada prova eram fruto do esforço e dedicação de vários profissionais. Um vacilo de qualquer parte dessa grande engrenagem poderia prejudicar o resultado final.

Imagine, por exemplo, se meu nutricionista me passasse uma dieta incorreta às vésperas de uma competição. Isso sem dúvida iria prejudicar drasticamente o meu resultado.

Cada membro de uma equipe precisa reconhecer sua importância naquela grande engrenagem. Se uma pessoa deixar de realizar suas atividades ou tiver uma queda de performance, o time perde.

O individual deve funcionar a serviço do coletivo, e vice-versa. Sem o comprometimento de todos, a equipe sofre as consequências. Quando todos estão no mesmo barco, os resultados coletivos tendem a se multiplicar.

3- Tenha comprometimento com a excelência

Se cheguei tão longe na minha carreira, é porque sempre tive o foco na excelência. Não importa o quanto eu progredisse, a ideia era sempre buscar alguns centésimos a mais. Eu sabia que aquela pequena diferença poderia me colocar no avião para a Olimpíada ou me fazer assisti-la pela televisão.

O comprometimento com a excelência deve nortear também o trabalho em equipe. Todos os colaboradores envolvidos em cada projeto precisam estar cientes a respeito do objetivo esperado. Mais do que isso, devem se esforçar para ir além do considerado satisfatório.

Equipes comprometidas e focadas em atingir a excelência conseguem melhores resultados. Um dos motivos é que esse mindset inibe o surgimento de ruídos na relação. Ao menor sinal de desentendimento entre duas pessoas, elas próprias se conscientizam de que o foco está no resultado a ser alcançado.

Eleve a produtividade em sua empresa

Se você tem notado uma produtividade baixa no trabalho de seus colaboradores, é aconselhável tomar uma atitude propositiva para corrigir este problema. As lições que apresentei aqui são um ótimo ponto de partida para melhorar o trabalho em equipe. Porém, se você deseja que seus colaboradores deem um verdadeiro salto de produtividade, clique aqui.